/* */

Passeio na Noruega de Paramirim

No dia 27 de dezembro de 2015, um grupo de amigos liderado pelo historiador Domingos Belarmino fizeram uma visita a comunidade da Noruega de Paramirim, com o objetivo de fazer pesquisas históricas e analisar a geologia da região.

São Romão da Noruega de Paramirim
São Romão da Noruega de Paramirim

Geografia:

A comunidade São Romão da Noruega está localizada na região oeste de Paramirim, a cerca de 22 quilometro da mesma. Sendo ela formada por uma bela paisagem verde com uma variedade de plantas nativas do cerrado e da Caatinga. Outra característica peculiar do local é a predominação de caldeirões de água espalhado por diversos lugares. Confira mais detalhes no mapa.

Economia:

Caldeirão do São Romão - Noruega de Paramirim
Caldeirão do São Romão

Um recanto de clima saudável com energia elétrica e várias cisternas, onde sua população sobrevive principalmente de pequenos criatórios voltado para a produção de leite, requeijão, queijo coalho, plantio de mandioca para a produção da farinha e tapioca. Os moradores ainda contam com uma casa de farinha comunitária onde é feito todo o processo desde a retirada da mandioca até a finalização da matéria prima, sendo estes comercializados na feira livre de Paramirim.

Curiosidades:

De acordo com os dados levantados pela equipe, o Caldeirão do São Romão localiza-se no topo de um platô que mede aproximadamente 500 metros de comprimento, perfazendo uma área talvez superior a 20 mil metros quadrados. Sua concavidade forma um reservatório com 22 metros de comprimento por 13 metros de largura, com uma profundidade superior a 06 metros.

Historiador Domingos Belarmino – Noruega de Paramirim

“Conta o historiador Ignácio Accioli que entre o Arraial (hoje Paramirim) e Noruega o Sr. Carlos Fagundes encontrou no fundo de um tanque natural ou caldeirão de suas terras a ossada de um animal desconhecido, do qual tirou um osso e um dente alvíssimo, e perfeito, que apesar de ser dos mínimos pesava quatro libras e foi remetido ao governador Conde da Ponte. ” A descrição completa deste fato encontra-se publicada no Almanaque Histórico de Lembranças Brasileiras. Ano 1862. Página 364/370. Maranhão – Brasil, cuja leitura recomendamos para quem queira melhor se informar.

“Resta-nos, pois, aprofundarmos na busca de outras informações para descobrir que animal seria este, cuja ossada foi descoberta pelo Sr. Carlos Fagundes há quase dois séculos. Fato que nos leva a pensar e dizer que o São Romão pode ser considerado um sítio arqueológico e por isso mesmo precisa ser preservado em todos os sentidos, inclusive as lendas que integram o seu contexto.” — Domingos Belarmino 

Com tantos atrativos na agricultura e associado com as suas belas paisagens, a Noruega de Paramirim tem potencial para se desenvolver o turismo ecológico, sendo que o mesmo já é bastante visitado por aqueles que gostam de fazer trilhas de bike.

Caldeirão da Noruega – Paramirim
Caldeirão da Noruega – Paramirim
Caldeirão da Noruega – Paramirim
Caldeirão da Noruega – Paramirim
Vegetação da Noruega
Lagartixa do Sertão Nordestino

Grupo de Aventureiros de Paramirim

  • Antônio Ramone
  • Domingos Belarmino da Silva (Historiador)
  • Gilvandro Marques
  • Manoel Marques
  • Marcos Domicio Lopes (Fotografo)
  • Mauro Sergio Cardoso
  • Mucinho Cardoso
  • Paulinho
  • Roberto Araújo
  • Wilson Melo Ramos (Geólogo)

No momento que esta matéria estava sendo editada, ainda não constava o registro da Noruega de Paramirim no Google Maps. Para facilitar a ida de mais pessoas até esse local, a colaboradora Elaine Marques que nasceu na Noruega, utilizou um GPS para criar uma rota no Google Maps que deverá estar disponível em breve.

Terei o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe um comentário

Logo
Registrar Nova Conta
Redefinir Senha