Primeira experiência de acampamento no Poço da Espingarda

Infográfico - acampamento  no Poço da Espingarda

Hoje vou compartilhar com vocês a primeira experiência que tive com acampamento. Desde criança eu tinha esse sonho, passar uma noite no meio da floresta observando a natureza.

Tudo começou há um mês atrás, quando Elaine tomou conhecimento de que havia um lugar muito bom para acampar. Começamos a conversar sobre as possibilidades e aos poucos a ideia foi ganhando força. Pelo grupo do WhatsApp, Elaine coordenou os membros do GAP (Grupo Aventureiros de Paramirim), de como seria a aventura e o que cada um precisaria fazer. Todos eram iniciantes em acampamento, com exceção de Flavio (Piu), ele foi o guia e instrutor do grupo nessa aventura.

Para alguns, o primeiro desafio foi convencer os pais em aceitarem essa loucura, a pesar de todos serem maiores de idade. O segundo desafio foi adquirir as barracas. Ainda bem que na cidade já existe alguns pontos de vendas.

Os custos com transporte e alimentação foi dividido entre o grupo. Com tudo planejado, chegou a hora de partirmos para a nossa aventura.

Poço da Espingarda é uma pequena piscina natural cercada de vegetação, situado em um vale entre as serras, a cerca de 7 km da cidade de Érico Cardoso, estado da Bahia. E faz parte do circuito do Rio Paramirim, tendo à sua volta uma pequena orla com areia e árvores, ideal para fazer pescaria, piqueniques e acampamentos.

O lugar é paradisíaco, sem vestígios de civilização, sem energia elétrica e sem sinal de celular. Para quem vai de carro é preciso estacionar à beira da estrada cerca de 200 m do local. Preparar as refeições não vai ser problema, lá tem uma churrasqueira de ferro e um pequeno balcão de pedra para distribuir os alimentos.

Nós escolhemos visitar o Poço da Espingarda no dia 28 de julho, por dois motivos: 
Primeiro porque seria noite de lua cheia, e em segundo, porque se comemora o Dia da Preservação da Natureza. Um outro período interessante para visitar o local, é de novembro a fevereiro, pois a paisagem está mais verde e o rio com maior volume de água.

Não deixe de explorar o local, isso pode ser feito por dois caminhos: seguindo o leito do rio, mas muito cuidado com as pedras pois elas são bastante escorregadias, e o outro trajeto é seguir pela estrada de terra que fica colada ao rio. Um bom horário para sair é bem cedinho ou no final da tarde, se possível leve o celular ou câmera fotográfica, você vai desejar fotografar.

Se você vai acampar, vai aqui uma recomendação que pode fazer muita diferença na sua experiência. Dormir dentro de uma barraca pode ser muito desconfortável, ainda mais para quem não está acostumado. Para isso não acontecer é bom levar um colchão fino ou uma manta mais grossa para servir de forro da barraca, leve também um travesseiro e uma coberta mais simples.

Imaginei que os mosquitos e os pernilongos fossem nos incomodar, mas não vi nenhum, outra coisa que também me surpreendeu foi o clima, pensei que estaria muito frio, já que estamos no período de inverno, mas isso não aconteceu, o clima estava tão agradável a ponto de Thiago tomar banho no poço às 22:30h.

A minha experiência em acampar foi maravilhosa, é claro que a gente sempre depara com alguns imprevistos, mas isso faz parte da evolução. Os momentos incríveis que eu passei ao lado de amigos as margens do rio em uma noite de lua cheia ficarão para sempre nas lembranças. Abaixo eu vou deixar um cheklist de algumas coisas interessantes para se levar em um acampamento. E claro, você também vai poder conferir as fotografias desse dia histórico.

Checklist de acampamento:

  • Barraquinha
  • Luz de Emergência
  • Aparelho de som (Opcional)
  • Rede (Opcional)
  • Galão de Água
  • Roupas de Frio
  • Edredom para embrulhar
  • Alguma coisa para forrar o chão da barraquinha
  • Material de higiene pessoal
  • Fogareiro
  • Botijão
  • Grelha
  • Dominó (Opcional)
  • Violão (Opcional)
  • Vara de Pescar (Opcional)

Pôr do Sol

A tão esperada noite de acampamento

Resenha do Arroz

Sem dúvida, o Poço da Espingarda é um lugar que vale a pena visitar, e pode ser considerado uma importante referência de turismo para a cidade de Érico Cardoso.

Grupo Aventureiros de Paramirim

  • Ademar Moura – Tanque Novo
  • Altair Marques – Paramirim
  • Ana Marques – Paramirim
  • Aparecida Silva – Paramirim
  • Artur Marques – Paramirim
  • Elaine Marques – Paramirim
  • Flávio Oliveira – Paramirim
  • Marcos Domicio – Paramirim
  • Marizete Castro – Caraíbas
  • Mauro Sergio Cardoso – Paramirim
  • Maysa Oliveira- Tanque Novo
  • Tamires Martinelly Oliveira – Tanque Novo
  • Thiago Silva – Paramirim

Cuide da Natureza! Não rabisque as pedras e não se esqueça de levar seu lixo embora!

Terei o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe um comentário

Logo
Registrar Nova Conta
Redefinir Senha